De repente 40 e tantos

DE REPENTE 40 E TANTOS é uma comédia dramática de ficção em longa metragem dirigida por Paulo Halm. Ambientada entre Rio de Janeiro e Araras, o filme é protagonizado por três mulheres, respectivamente mãe, filha e avó.

De maneira leve e bem humorada, esta comédia aborda questões complexas ao falar de transformação, superação e reconciliação, que são sentimentos de forte apelo numa sociedade em crise, como a nossa.

Sinopse: Há 20 anos JOJÔ decidiu ir à uma festa em Araras, na região serrana do Rio de Janeiro. Ela se despediu de Beatriz, sua filha de cinco anos, prometendo retornar na manhã seguinte. Mas Jojô nunca cumpriu sua promessa. Numa curva da Estrada Rio-Petrópolis, ao desviar de um carro, a moto que levava Jojô e seu namorado Renato mergulhou num abismo. Renato morreu na hora e Jojô, gravemente ferida, entrou em coma profundo. A pequena Beatriz ficou aos cuidados dos avós maternos, D.Teresa e o coronel Carvalho, esperando que a mãe despertasse. 20 anos depois, a jovem e workaholic economista BEATRIZ se aproxima cada vez mais da sua meta pessoal de conquistar o primeiro milhão antes dos 30 anos de idade. Bonita, ambiciosa e sem maiores escrúpulos, Beatriz planeja seduzir o playboy PEDRO, filho e herdeiro do severo ERNESTO Alhambra, dono do banco de investimentos onde ela trabalha. Quando a sedutora Beatriz prepara-se para dar o bote em sua presa, o inesperado acontece… Para a surpresa geral, a Bela Adormecida (como Jojô é chamada pelos enfermeiros) desperta de seu sono de 20 anos. O hospital avisa à agora viúva TERESA, que a filha milagrosamente recuperou a consciência. Antes de ir para o hospital, Teresa reluta em contar as boas novas à sua neta já que depois do acidente Beatriz virou uma pessoa fria, fechada, individualista. Ela fez questão de apagar da memória a lembrança daquela mãe a quem acusa de tê-la abandonado quando era criança. Mas mesmo magoada, Beatriz acaba decidindo ir ver a mãe ressuscitada. O reencontro de mãe, filha e avó não é dos mais agradáveis. Jojô sai do coma achando que ficou hospitalizada apenas uma noite, age e pensa como a jovem de 25 anos num corpo de uma mulher de 45. Beatriz acha que a mãe ficou com sequelas mentais por conta do coma, quer interná-la numa instituição e mantê-la à distância. Incomodada com a atitude de Beatriz, Teresa resolve revelar um grande segredo familiar, guardado a sete chaves. A revelação deixa Beatriz chocada. Ela deixa o hospital rompida tanto com a mãe quanto com a avó, decidida a nunca mais falar com as duas. Agora, mais do que nunca, ela quer conquistar o rico herdeiro Pedro para se livrar definitivamente daquela família problemática e inconveniente. Jojô vai morar com Teresa, na velha casa na Tijuca, buscando recuperar o tempo perdido. Ao mesmo tempo em que tenta se adaptar à nova vida de quarentona, Jojô busca se reconciliar com a filha. Mas a mágoa de Beatriz é muito forte, e 20 anos definitivamente não são 24 horas. Sentindo-se culpada por Beatriz ter se tornado aquela mulher fria e interesseira, Jojô decide resgatar a Beatriz doce e carinhosa do passado e junto com Teresa vai até o trabalho da filha no banco Alhambra, provocando uma série de acidentes constrangedores. Para desespero de Beatriz, Pedro conhece e fica interessado por Jojô. E para piorar, Ernesto – que também é viúvo – fica atraído por Teresa. Beatriz declara guerra à Jojô. O conflito entre filha e mãe acaba culminando numa festa na mansão dos Alhambras, em Araras, onde Jojô e Beatriz travam a batalha final.